quarta-feira, 13 de agosto de 2014

MANIFESTO. ( Na liberdade que me compete.)



MANIFESTO

Não sei prever futuros ...e são tão incertos os rumos deste país ...
Parece que estamos fadados aos insucessos políticos ...e,abraçar esperanças,parece algo tão longínquo ...
Morre um homem,que traduzia,desejos bons ...
Lamento pelos Pernambucanos,e por todos os brasileiros,que nele depositavam esperanças de um país mais humano,socialmente em equilíbrios,de resgates de moralidades,e ações providenciais,tão esperadas.,tão imediatistas.
Acordamos com a má notícia.E,nada fácil saber de perdas humanas ...e, perda de sonhos de muitos.
O Brasil tem de ficar de luto.
Aliás,para os conscientes de nossa política administrativa,JÁ ESTÁ ENLUTADO,FAZ TEMPO.
Não desejo mortes alheias ...mas ... pensando aqui com meus botões ...dizem que há uma varredura natural no Planeta ...arasssssss!!!! A "vassoura" esqueceu dos de má-fés,imorais,sujos,astutos,Srs-de-umbigos,
sem moralidades deste país?
Puxaaaaaaaaaaaaaaa...!!!!
E, no fundo,do fundo,do fundo d'alma ... muitos deveriam já ter idooooooooooooooooooooooooooooooo!!!!
Tata Junq
***Eu me abstenho de votos,conscientemente.Sou LIVRE.
Enviar um comentário