quinta-feira, 8 de maio de 2014

Ler, pra gostar,é só começar!!!!

               ( Esta tela,tem autoria.Vide assinatura.)

Conta-me uma estória da história?
Reinvente a vida,pois não?!

Há crianças,que possuem sede do saber,pesquisadoras.

Há crianças, que criativamente,falam sozinhas,e contam estórias.
O gosto pela leitura,vezes nem se explica.Gostam,pronto. E há as que são estimuladas.Quando adentram no mundo mágico de uma estória,vivem substancialmente,cada fato, cada ponto.
A leitura dinamiza a mente e  acorda emoções.
Fui uma contadora de estórias infantis,para meus filhos,antes de dormirem... lia livros para minha vó materna,estando ela acamada ... ensinei e vivenciei com alunos(as),técnicas para ser possível reproduzir-se estórias,através da ARTE.
Ficaria feliz, se uma criança,contasse-me uma estória,agora.Eu ficaria deslumbrada,e seria uma ótima ouvinte.
No silêncio da madrugada,começa um novo dia,"acordando".
Sequência natural,noite,dia,dia,noite.
Não ouço estórias,mas roncos,meio que gemidos,da gatinha Bibi,em minha cama,emboladinha junto à minha perna esquerda. Também,como rugidos de leões ...rsrs ..o avião que cruza o céu.
Eu queria estória...
Que tal "ouvirmos"Maryinha???????

*****************************************************************

Está escuro ainda e o relógio me avisou,porque tocou uma musiquinha muito chata,e um galo barulhento,também no quintal,enche o papo ...e o peru,pra não ficar por baixo,também canta.

Todos os dias isso!
Cocorocó e as galinhas respondem,cócócó! Glugluglu...glugu,diz o único peru.
Tomara que vá pra panela!
E há muitos heróis já acordados ...
 Meu herói é um sapo,da lagoínha.
Dizem, que sapos viram príncipes.
O nome dele é Caco,igual ao da televisão.
Meu pai,já saiu para trabalhar ... ele trabalha muito longe ... é um pouco herói,outro dia contou, que salvou um cachorrinho na estrada, do bote de uma cobra.
Até me dá arrepios.
Minha mãe me diz que um herói é quem faz bem às pessoas ... aí pensei, meu pai é um pouco só herói ... ele fez bem prum bicho.
Minha mãe,levantou bem cedinho e fez café.
( Mas não me deixa tomar,nenhum golinho,que sou criança e terei azia.)
Nem sei o que é isso.
Azia é um bom nome pra uma lombriga?
Queria ter uma na minha barriga ... uma amiguinha pra brincar.
A professora minha,falou delas, que trazem malvadezas.
Há de ter uma boazinha,uai!
Minha escola fica bem longe,também.
Ando,ando,ando e parece que nunca chega.
Já tenho uma amiga,borboleta,que conversa comigo. E uma lagartixa que me espia,mora no teto do meu quarto, é bem zoiuda, mas mudinha,mudinha.Língua sei que tem,estica ela toda pra comer os bichinhos.
Minha professora também contou que é assim o mundo,um bicho come outro.
Credo em cruz!
Outro dia,veio uma joaninha me visitar e me convidou pro seu casamento com o grilo.Vão morar longe,da terra dos lagartos,aqueles linguarudos,comilões.
Preciso levantar ... minha mãe já esgoelou meu nome um montão de vezes. 
Não acho meus chinelos,Chicão deve ter levado pro mato.
Não sabe, quem é o Chicão?
Não posso contar não!
Minha mãe me mata se souber dele...

*******************************************


Tá curioso(a)?????
Aguardem,Estórias da Maryinha!!!!
( Um Novo Projeto: Para Gostar de Ler.)
Tata Junq



Enviar um comentário