quinta-feira, 24 de abril de 2014

Pensamentando ... ( Projeto:Palavras ao Vento.)A força,para combate da força-maior,o Câncer!


Comovi-me ao ver essa tela ... (Vide assinatura do artista.)
E,lembrei-me de tantas e tantos "GUERREIROS(AS)!!!!
E num misto de pesar e indignações,certifico-me do "Mundo",capitalista,que sobrevive das vendas "manipuladas" ... E as Indústrias de Medicações,ganham forças ... deixando a população doente,em suas mãos.
Não há interesses diretos, da cura do câncer,ou outras doenças... 
E, como num conta-gotas, as vidas são controladas ...
E no meio à impotência, em dores,desesperos e frustrações... as pessoas "caminham",sabendo,tendo consciência, que chegarão ao fim,sem respostas.
Tornam-se efêmeros,como as borboletas ...que passam por uma mutação,para saírem dos casulos,sabendo que seu tempo é curto.
Como conseguir manter a auto-estima deles(as)?!
(Há os que possuem brilho de alma, que modificam a palidez corporal.)
Acredito, o que menos querem, é compaixão.
Querem cura.
E precisam de muito amor,para superarem a dor.
Eu olho pra essa tela, com tristeza,mesmo diante da beleza da Arte.
Sei e tenho noção clara,que partiremos um dia ...por essa ou aquela razão.
Mas é cruel,saber que há chances de curas e descobertas,sendo manipuladas egoistamente,e escondidas a "sete chaves"!!!!
É muito difícil conceber e calar.
É triste saber,que o oportunismo que ganhamos para nossa evolução,seja desperdiçado por tantos,em atitudes primárias,soberbas e vis.
Queria poder agora,beijar cada "carequinha" deste Mundão,com amor e atenuar, ao menos um tantin, suas dores.
Queria muito acreditar que houve um Nazareno,chicoteando,"maus",dando-lhes lição. E, ficaria na torcida, pra que retornasse à Terra e metesse a chibata em muitos, e os banisse,seletivamente,sem dó !!!! 
(Já que nada aprenderam ou aprendem... Já que evoluir,pesquisar,achar soluções,sirvam apenas de"tiranias"e, ou retrocessos.)
O PODER cega a humanidade!!!!
Quantos mandos e desmandos!!!!
Reservo-me o direito da indignação. 
( Já que também vivo à mercê de medicações.)
Tata Junq

Enviar um comentário