sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Momento Reflexivo: Autenticamente, Yara.


Não consigo ser rio manso,nem sequer sereno.
Sou cascata que jorra sem parar.
Despenco,inundo!
Assim sou emoção!
Assim sou poesia.
Assim sou águas de mim,e me afogo e reluto em lago formado e profundo.
Autenticamente, Yara.
À sombra,em calda,sendo peixe,canto.
Metade humana,metade sereia,num todo,vão.

Tata Junq
Enviar um comentário