quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Poetando & Proseando : UM DIA ...



Um dia,
fiz história,
triste,
sem glória.

Um dia,
fiz poesia,
lenta,
profundamente-rasa.

Um dia,
fiz a lembrança,
correr mundo.

E,chorei,
aqui,
um sentimento,
torturado
e lento,
cortando punhos,
esvaindo sangue.

Um dia,
morri,
num pouco 
de
mim.

Tata Junq
Enviar um comentário