sexta-feira, 28 de junho de 2013

Poetando & Musicando : Azul é a cor.


A noite dorme.
Meu ser acordado,
geme conflitos.

Escrevo,
tingindo o papel,
em azul.

Azul é a cor,
do
mar-de-meus-pensamentos.

Azul é o céu,
de
cada canto,
do
córtex-cerebral.

Azul sou eu,
borrada de lágrimas.

Azul sou eu,
nos engasgos emocionais de agora.

Pedra azul,a ser lapidada.
Joia bruta,rara,
esquecida nos confins,
Universo-Negro.

Sou água.
Sou vértice.
Sou pedra.
Sou tinta,fresca.
Sou pensamento.
Sou você.
Sou vocês,
e
não sei,
ser eu,
somente.

( Não sei ...  se aprenderei.)

Tata Junq



Enviar um comentário