domingo, 17 de março de 2013

Poetando: SEM ECOS.



SEM ECOS

No MERGULHO
de
MINH'ALMA

s
e
m
peixes dourados.

s
e
m
algas-alimento.

s
e
m
tocas a esconder-me.

s
e
m
respiração.

s
e
m
oxigênio.

s
e
m
motivos.

s
e
m
sorrisos.

Somente,
SILÊNCIO.

Tata Junq

Enviar um comentário