domingo, 17 de março de 2013

Poetando: A dor.



No ventre,
a dor.

Âmago
do
medo.

Facada
do
engano.

Dói,
dói ...

mas
cura.

CI-CA-TRI-ZA!

Tata Junq
Enviar um comentário