sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Proseando & Poetando: Vou!


Vou!

Pra onde?
Vou!

Pra onde?

Vou ...
além de mim,
cantante,
toante,
centopeia,
sapatinhos
nos
pés.

E
vou ...

Pra onde?

Andarilha
sou,
sem 
definido
rumo.

Marcando
chãos,
definindo
rastros.

Espalhando
palavras!

Espremendo
emoções,
cuspindo-as,
verdadeiras
ou
inventadas.

Vou ...
sem
dívidas,
penhoradas.

Tata Junq




Enviar um comentário