quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Momento único!





No balaio não tem gato!
Nem rato!
Nem sapato!
Tem amor amanhecido,escondido.
Remexido.
Bem no fundo ... bem no fundo ...
Não dá bote,porque não é cobra.
Tem boca selada.
Ouvido surdo.
Tá desenhado ... cuidadosamente marcado,qual tatuagem.
Mas,guardado.

Tata Junq
Enviar um comentário