terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Poetando a dois! ( Momentos do pensar ...)





Saudades de um mundo...

Cavei um buraco

sem fundo

e quanto mais profundo,

afundo-me
nos planos
de te amar.


Insisto em cavar ...

Sem medo de tentar,
vejo em teu olhar

o meigo amar.

Olhar que inflama,

derrama,

aquece,

inebria,

endoidece.


E,

cavo os sonhos

e

aos poucos,
a alma adormece.

Nos profundos

momentos
do pensar,

pleno,

o amor

acontece.


Tata Junq / Paulo Silvoski

(Sampa / Paris)
Enviar um comentário