quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Musicando & Poetando: No abismo de mim.



"Não sou eu que me faço voar..."( diz a canção ...)

E eu?

***
No abismo
de
mim,
achei
você,
intacto.
(Verossímil-olhar.)
E
vi-me,
antevi-me,
amor.
( Que houvera perdido.)
E,de tão surpreendente,
desenterrei-me.
Surge,
estimulada,
a vontade de amar,
ser amada.
Chance
do
viver.
(Novidades...)
Redescubro-me:
TRAMPOLIM DE MIM!

Tata Junq
Enviar um comentário