domingo, 23 de dezembro de 2012

Momento reflexivo : Rumos.





Assim descalça,tentei passar pelas pedras do caminho,sem a malícia da prevenção  dos machucados-bolhas,que angariei no percurso.
Meus pés estão doloridos por conta dos riscos e de meus atrevimentos e, ou ignorâncias.
Pergunto-me: - por que sempre ando por terrenos hostis?
E, os ecos de minh'alma acusam: atrevidaaaa ... bandidaaaa ...sofridaaaa ... tirana!
Cuspo no chão arenoso, pedregulhento e com dúvidas e calma,ouso olhar a grama molhada,fresca de outra estrada.
Só mudar o rumo,mais nada!

Tata Junq
Enviar um comentário