segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Poetando, simplesmente ...quando tudo parecia eterno.




E, quando
tudo parecia
eterno,
veio o
mar
e
apagou
sua
imagem,
espumante.

E, quando
as 
lágrimas
pareciam
eternas,
veio o vento,
secando-as...

Hoje,
o
Sol
queimou
qualquer 
sentido.

E, a Lua-prata,
crescente,
desenhou,
um leve
sorriso!

Tata Junq

* criado agora ..aqui neste espacinho-Face ...vai lá pro blog Pensamentar...rssss ...(23:15)
Enviar um comentário