quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Poetando & Ilustrando & Vomitando, verdade.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

ESVOAÇANTES
quais véus ao vento,
volitam meus pensamentos
e
tomam forma de bailarina,
sem sapatilhas,
pés nus 
nas areias desertas
e
sofrem o desgaste,
e
sangram,
cansam.

Retornam,
pássaro,
liberto,
para
ninho:
córtex-cerebral!

Aí,
mora
o
perigo!

Alerta,
geral!

Tata Junq



Enviar um comentário