domingo, 5 de agosto de 2012

Momento Reflexivo: FLOR-AMOR!




Saudade das flores do meu jardim d'alma ...passei tanto tempo adubando jardim alheio...e no meu ressequido, ficou uma única,que insistente, ainda, é amor ... semente que não findou,vingou.
Cortei e rocei o mato alto, que a sufocava ... rastelei toda a sujeira empedrada ... reguei a terra com lágrimas-novas, esperançosas ... e ela sorri brejeira, contente ... No fundo , no fundo, eu me espelho, singelamente doce ... um brilho que não perdi ...sou flor-amor, incondicionalmente.E, mesmo sabendo da importância do cuidar de mim, nascida fui, para cultivar nos jardins alheios. Hoje ... sem pesos, entendo bem isso.Hoje, tão consciente,minha "ferramenta-maior", são "palavras" ...e se eu chegar ao seu jardim ...e deixar semente do amor-insistente ... ahhhh ... num reclama não! Deixei o melhor de mim.
Cuide bem da semente!
E, espalhe ao vento,igualmente, amor-amigo, pra toda gente!!!!


Tata Junq


*(escrevi o texto aqui, diretamente do Face)
Enviar um comentário