segunda-feira, 4 de junho de 2012

Poetando: PIÃO.







Virei pião
em
tuas
mãos.

Fui rodando,
rodando,
num encantamento
que parecia
não
ter
f
i
m
m
m
m
.
.
.

Tombei!

Recolhestes
a
cordinha.
(Fieira
da
ilusão)

E
eu
fiquei
no
chão!

Tata Junq

(01/03/2012)

Enviar um comentário