domingo, 17 de junho de 2012

Poeticamente descritiva: Sou, estou ...serei?

............................................................................................................
Um pedaço de mim reclama!
Um pedaço de mim, ainda navega em saudades ...
Sou assim-assim ...ternura sem fim.
Muita vez amanheço, glória.
Muita vez amanheço, sede.
Muita vez amanheço, dor.
Muita vez amanheço,indignação.
Muita vez amanheço, sorrisos.
Muita vez amanheço, canção.
Muita vez amanheço, você.
Muita vez amanheço, eu, contido.
Muita vez amanheço, calada.
Muita vez amanheço, amada.
Muita vez amanheço,cansada.
Muita vez amanheço,falante.
Muita vez amanheço,
simplesmente,
por amanhecer.
Faz sentido?
Nas incoerências, amanheceres!
Nas incoerências, sou:
humanamente tola, mas capaz.
Reconhecida de mim,
hoje,
amanheço.
Pensando em "ti"?
 Tata Junq


(*** Registro acima do texto de alguns anos atrás ...)
.................................................................


>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
Reconheço que o tempo nos dá chances de mudanças ...de aprimoramentos, de reconstruções ...


Em meus amanheceres, 
sou ...
Quem sou? 
Incoerente? 
Coerente?
Aconteço a cada segundinho...
Sou, estou, VIDA!
Aconteço agradecida.
Aconteço,reconhecida de mim...
Já não é o bastante?
Escorreguei, 
caí!
Sentei, 
levantei!
Corri?
Rastejei?
Andei ...
vezes, vagarosa ... 
Permaneço.


Sou, sendo, teimosa.
Sou, sendo, coerentemente,antítese:"rosa e dark"


Verdades de mim...
Quem reconhece?
Quem adentrou realmente em mim, sem sombras, e ainda, transparece.


Sou verdade de mim,assim, assim:
doce ou amargo mel ...
Reconhecidamente, poeta.


Mulher, menina ... que amanhece. 
Mais uma vez amanhece, reconhece-se.


Sou canção aos teus ouvidos, ninando-TE, embalando, enquanto adormeces...
Coerentemente,amando,amanheço canção.


E, tu dormes... 
para fazer valer emoção, ao acordar, em "sorrisos-picados" ...e, sonoramente, adentrar em meus pensamentos, acordando-me, chamando-me à vida.
Reconheço-me, contente.
Coerentemente,contente!



Sou, estando sorrisos, somados aos teus.
E...com a música..."brega-mala" (intitulação tua ...rsrss)...lembrada por ti, Guri!
Só porque chove, literalmente ...


Tata, a Junq


(Que um dia, coerentemente, engoliu, flores,vomitando dores,criança.Regurgitando, hoje,sementes,de belezas e amor.)

Enviar um comentário