sábado, 4 de fevereiro de 2012

PENSAMENTAR & MÚSICA : A ARTE SONORA


Os sons atravessam barreiras de espacialidade , e chegam doces , melodiosos...   
Mesmo que melancólicos , como um sofrer -liberto ,apetecem a alma.   
E, aos poucos envolvem , como fragrâncias, a pele , 
o corpo , docilizando-os , causando arrepios ...  
Hora de absorção e viagem ...   
Os pensamentos-dançantes , seguem com 
a brisa-do-instante.
A alma agradece a pacificação , tão bem vinda ,  
no dia de hoje, um domingo de recolhimento.   
E crio um chão pra pisar , para sentir a energia da terra,sem deixar rastros ...   
A solidão não machuca ... e na cadência sonora,   
sigo minha estrada ... 
Pergunta-me para onde vou?    
Sei que vou ... na serenidade , encontrada.   

Tata Junq



Enviar um comentário