quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Pensamentando ...Projeto : Alma Feminina (ENGANO)



Invento um tempo,          
sublime,             
tangente,        
engano-de-mim,          
por mim.           


E resgato          
um          
único              
momento:         
sua cabeça recostada em meu peito,          
no silêncio         
da          
entrega...        


Por um momento,        
senti  você.        


Sinto você,        
no gosto amargo         
do        
não.           


Quebra         
do       
encanto ...        


Sonhei só,       
amei só,          
na          
desmedida          
entrega.        


Na dor,                 
o silêncio.       


(Amei         
de          
verdade.)           


Cruel engano!        


(No engano-de-mim, por mim,          
apenas a dura verdade:          
fiz  de você, um sonho bom,                 
que não condiz com a realidade.)


Que riminha infame!         


Que devaneio!                


Utopia-romântica-irracional ...          


Você,          
é         
uma INVERDADE!               


(Eufemismo, delicado ...)          


No tempo-resgate,             
engano.           


ENGANOS!!!!            


Agora,          
há            
muros              
na          
ponte ...                


E,               
nego-me                  
a                   
olhar                      
para          
trás.               


 (Uma Alma Feminina)             


Tata Junq             







Enviar um comentário