segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Poetando às avessas! Não ...





Entre o caos ... flores!


Entre armas ... amores!


Entre sóis ... Terra!


Entre nós ... dia feliz!


Onde o perigo?


Onde o abrigo?


Não digo!


Não digo!


E...


Não digo!


Não me cabe fazer sentido ...


Tata Junq
Enviar um comentário