sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

PENSAMENTAR: Projeto: ALMA FEMININA (DORMENTE ...DOR, MENTE?)



Guardei-me.
Adentrei no baú inóspito, como vampiro... e em dormências, lá fiquei.
Mas a sede noturna, reavivou-me em buscas ... veias vazias,fracas ...corpo debilitado ...
Beber sangue,sede!
Beber alma!
Dor!
Dormente a mente!
E na escura solidão, adormeci.
Sem partilhas ... sem doações ... sem ameaças ... sem atitudes ...
Bebi o vento, o céu, o firmamento distante, inatingível, rangendo os dentes, criptando a alma , hipotermizando o corpo em abandono.
Trancafiei-me, sem forças e sem piedades piegas ...
As lágrimas secaram.
A alma voou distante ...
O corpo sucumbiu,comido por vermes.
Os ossos ... dão mostra do que já foi ... miséria!
Morta, sem envólucro, exposta-reprimida , guardada num baú ... de memórias.


(Uma Alma Feminina)


Tata Junq

Enviar um comentário