domingo, 9 de outubro de 2011

Poetando às avessas! ZUMIZANDO, amanheço.



Zumbidos ...
Zunidos,
Zuados ...
Zuam!
Zuam!
Zuam!
Na mente,
circundantes.

E giram
em
galhofas ...

E
ensurdecem
desejos miúdos.
Pra
encorajar
além-limites.
Pra
adormecer
as
dores.

Zuam,
zuamzuamzuamzuam ...
pensamentos.

Zuam,
zuam,
zuam,
um
a
um ...
Num
Amanhecer-preguiçoso,
espreguiçante,
destoante.

ZUMIZANDO,
abro mente,
de
olhos
fechados,
viajante.

Tata Junq
Enviar um comentário