terça-feira, 7 de junho de 2011

Pensamentando ... Meu querido amigo.(Relato)



Acordei e ainda tinha resquícios do sonho.
Arasss ... nem sonhos profundos costumo ter, porque durmo tão pouco.
Mas vale o registro que ficou na memória : minha cabeça em seu colo e seu olhar-cuidador.
Eu estava adormecida e você se preocupava comigo ... eu queria dizer que estava apenas dormindo, e consegui mover-me ...para não preocupá-lo.
Levava-me no carro ...
pra num sei onde.
Acho que na verdade, você se preocupou comigo, durante toda a sua vida.
Cuidador!
Em novas paragens, espreita-me ainda?
Vela minha vida?
Hoje, não entendi os motivos... talvez você os saiba.
Dizem que sonhos são avisos.
E se neste há um, motivo, é vida.
Porque eu ainda vivia ... ou pensava que vivia?
Ixiiiiiiiiiiiiiiiiiiii ... agora é que enrolei de fato!!!
Se viva estou ... posso morrer?
Morrendo, eu continuaria viva? ( A espiritualidade explica.)
Oxiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii ... de novooooo!!!
"Só sei,  que nada sei"!!!!
Viva estou!
Sou a Tata, que quer realizar os projetos que desenhou na mente... que arquitetou e arquiteta, ainda.
Amanheci sem prantos, somente algumas lágrimas de saudade e ternura-doce que ainda alimenta minh'alma.
Sonhei com um ANJO-PROTETOR!!!!!
AMÉM!
LUZ em suas andanças, AMIGO!
Obrigada,por tanto amor dedicado ...  que jamais, será esquecido!


Tata Junq
Enviar um comentário