segunda-feira, 14 de março de 2011

Poetando & Desestruturando: ASSIM-ASSIM-ASSIM: MAREMOTEANDO.



Navegar
é
preciso!

Como barco
ritmado
no
vai-vem
das
ondas,
vou.

Tocando
teu
corpo,
tua boca ...

Navegando,
mansa ...


Nos teus desejos,
tsunâmicos,
me
perco.

Redemoinhos
de
desejos!


Então,
eu
deslancho!

Avanço,
avanço,
avanço!

MAREMOTEAMOS!

Tata Junq
Enviar um comentário