quinta-feira, 10 de março de 2011

Pensamentando: LEI MARIA DA PENHA.


Marias!

Todas!

Todas Marias!

Mães,

esposas,

faxineiras,

cozinheiras,

bordadeiras,

passadeiras ...

secretárias,

médicas,

engenheiras,

dentistas,

telemarketings,

sacoleiras,

esmoleiras,

repentistas,

artistas,

feirantes,

desenhistas,

cantoras,

prostitutas,

motoristas,

do
lar  ...

de si ...

Que importa a que profissão pertençam?

Com ou sem profissionalismos ...

integradas em lares ... ou não ...


São mulheres ...

Na denúncia da  vida:
MULHERES!

Muitas
violentadas:
fisicamente,
psicologicamente!

Muitas
adormecidas,
nas
violências
urbanas,
e,
ou
domésticas,
seu próprio reduto.

Caladas!
Sofridas!

Uma voz
grita:

Maria da Penha!

Sequelada,
gritou,
clamou
por
justiças!

E
assim, se fez, exemplo:

Proteção!
Processos abertos!
Prisões!

Justiças?

Cala-bocas?

Não!
Lei que ainda não é eficientemente capaz!

Justiça e Dignidade
a
toda
e
qualquer
MARIA!

Mulheres
que
não podem
ser
coibidas.

Não podem!

Vamos
tocar
na
ferida?

SEM DOCIÊS,
ESTADO,
para
garantia
de
vida!!!!!

URGENTEMENTE, PROTEÇÃO!!!

**** A JUSTIÇA, NÃO TEM DE SER CEGA!!!!

LEI É PRA SER CUMPRIDA!!!

ATITUDES, SALVAM VIDAS!



TRISTE REALIDADE.

NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER, há mulheres coibidas, ainda!
Totalmente!

Não adianta fazer vistas grossas!

Há cadáveres delas espalhados!

Há o silenciar da que apanha covardemente!

Há o gemido, vergonha e intimidação da estuprada!

Há o choro contido e o medo!

Há a acuada!

Há o medo!

Há o medo!

Ainda, há medos e covardes!

Covardias!

Como celebrar um dia assim, com flores- das- omissões?!

Reconhecimentos e respeitos, queremos todos os dias!

Direitos, deveres, cuidados ...cabem à todas as criaturas.

É preciso cuidar dessa sociedade hipócrita! Que ainda marginaliza!

 Sociedade Machista?
Nada de colocar culpa na cultura de um povo!
Chegaaaaaaa!!!!

A MULHER é!

Consegue ser!
Conseguiu sair da condição de submissão ... conseguiu ser competitiva no mercado de trabalho ... consegue ser fêmea na cama, sem perder a inteligência e ou, sensibilidade.
É criatura!
Mas "num é frágil não "... diz o dito popular.

É FRÁGIL, SIM, quando se vê submetida a qualquer abuso, ainda.

Muitas se acovardam, pelo falso protecionismo, que não lhes asseguram .
Que as leis, não asseguram!

Dia da Mulher!

Ironizo este marco!

Todo dia, é seu dia!

Na batalha pra sobrevivência, todas, independentemente do credo, da raça ... são humanamente-capazes ...
cada qual a seu modo, mesmo sendo "frutos" do meio.

É preciso ainda que haja desejos e fazeres, dando mostras de sociedades evoluídas.

Que a sociedade brasileira acorde!
Que lideranças, acordem!
Que a população, exija!


RESPEITO E DIGNIDADES, CABEM EM QUALQUER LUGAR!!!
AQUI! 
NO MUNDO!

ARASSSSSSSSSSS!!!!
MUITO LAMENTO!
MUITO LAMENTO!!!!

Tata Junq
Enviar um comentário