domingo, 27 de fevereiro de 2011

Pensamentando: HOJE É DOMINGO, PÉ DE CACHIMBO!





"Hoje é domingo, pé de cachimbo, o cachimbo é de barro ..."
Acordei e lembrei desses dizeres.
Ahhhh ... e resgatei um tempo com meu pai.
Hoje é domingo!
Veio-me à lembrança sua imagem, seu sorriso e ...
"cadê o toucinho daqui?
_O gato comeu!"
E seu dedo em minha palma da mão, e minha resposta.
Ahhh!!! Quanta saudade!
Amanheci feliz com sua "proximidade".
Cadê o toucinho daqui, Pai?
_ O gato comeu!
O tempo comeu!
E, nas sequências dos fatos, cada um passou, à sua maneira, bem ou mal vivenciado.
Cadê meu toucinho, hoje,Pai?
Gato num vai comer, agora!
Não vai!
Não vai!
Fato!
Ato!
"Hoje é domingo, pé de cachimbo ...
Hoje é domingo pede cachimbo, o cachimbo é de barro, bate no jarro, o jarro é de ouro bate no touro, o touro é valente, bate na gente, a gente é fraco, cai no buraco o buraco é fundo, acabou-se o mundo.
Hoje é domingo, pé de cachimbo, cachimbo é de ouro, bateu no touro, touro é valente, bateu no tenente, tenente é fraco, caiu no buraco, buraco é fundo, acabou-se o mundo!"
Acabou-se o mundo?!
Acabou-se não, Pai!
A vida está aí!
Saímos do buraco a todo instante ...mesmo que ele seja fundo, viu?
A família caminha,valente!
Eu, saudosa, recordo de momentos bons ... sinto sua falta.
Nos ruins, aprendemos ... e nos perdoamos depois.
Cadê meu papai que num tá aqui?
Ou está?
Na recordação, fiz tua presença!
Na sua presença, esperanças!
Nas esperanças, motivos: sorrir pra vida, mais uma vez.
Cadê o toucinho daqui?
Cadê?
Cadê?
Tá aqui!
Tá aqui!
No sorriso de agora, Pai!
No amor que te dedico.

Tata Junq
Enviar um comentário