quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

" O TEMPO EM DISPONIBILIDADE" Rendo minha homenagem ao amigo:WAGNER KEYOSHI TANOUE.

 25/01/2001 16:40hs UTI(4º dia ...um dia especial, que acenava minha volta ao apartamento do hospital ...contei com td carinho e atenção deste amigo ...desde as folhas, caneta pra eu  escrever ...rsss ..video ...e sua dileta companhia.Profissional humano, competente.)

Quem tem o poder de temporalizar " o tempo-em-disponibilidade? Redundantemente falando, assim mesmo, mesmo assim. Como costumo dizer, "assim-assim"! Rsrssss ...
Posso esboçar um sorriso,leve. Mas há a garantia do tempo que me sorri,abundantemente.
E não quero saber de teorias, se da relatividade, ou sabe lá das quantas. Se passado-futuro-presente ... hoje é dia de comemorar 467 anos de Sampa, cidade que amo com paixão-romântica, com todas as suas diversidades.
Chove lá fora! Repetem-se chuvas, e sei que houve muito dano e ceifar de vidas, inclusive.
E parece-me que a Natureza "grita" pela desordenação e malifícios dos próprios homens. Crescimentos urbanos sem planejamentos ... mais que isso, no contexto geral, todas as implicações por falta de cuidados para com o Planeta.
Êta! Será que a humanidade ainda aprende?
Eu estou em seguranças, monitorada por aparelhos, rodeada de pessoas especializadas, para meus cuidados. Conto com a gentileza e tratamento de um enfermeiro, Wagner, extremamente humano, gentil e eficiente. Para tanto, o meu emotivo foi revigorado. Hoje, não estou em pânico, mas ainda receosa. E consciente, ser normal que sou, sei que ainda haverá um tempo de cuidados para que eu me estabelize.
Amanhã?
Quem sabe?
Reajustes?
Quem os sabe?
Sei o que me cabe, exatamente agora, vivo.
Resbalei! Quase apago!
Consegui folhas e caneta e escrevo.
háháháaaaa! Escrevo!
E hoje, em minha limitação, tenho respostas.
Eu sou palavras!
Boca! Escrita! Ferramenta-ímpar, que tem de ter validade.
Diapasão!
Tenho de chegar às pessoas!
Agradeço o dom e a intelectualidade que foram-me preservados, minha consciência, cérebro sem danos!
Sairei da UTI, amanhã. Pelo menos é o que foi proposto.
Que pena que chove ... a festa de Sampa prometia e ou, promete. Vezes, falta oportunismos para eventos-gratuitos.
"Povo-paulista", orgulho-me de cada pessoa, com suas lutas. Força do Trabalho.
Queiram ou não admitirem: base econômica,somos!Um potencial!
Quando um dia "ideiaram" a hipótese da fragmentação do Brasil, sem nenhuma dúvida, a região Sudeste seria sobrevivente, isolada. E não é preciso ser um "exper" analista em assuntos econômicos ou sociais.
E, SAMPA, aras, a cidade-concreta e poluída, cinza, não é discreta.É!!!!
E lembro de Caetano ao cantar : " Alguma coisa acontece em meu coração. quando cruzo a Ipiranga e a Avenida São João ..." ahhhh!!! Que orgulho tenho de minha cidade!
Espero que os políticos ajam de forma consciente e a sustente de fato, com todos os direitos: estruturais e humanitários.
Dia marcante o de hoje!
Dias marcantes, os de ontem!(18 a 25).
Dias marcantes os dos amanhãs?
Sabe-se Deus! Sabe-se os homens!
Sei lá,eu!!!
Sei somente: a vida pulsa!
E eu, enrolo-me nela ainda, como se fôsse a um novelo ... até quando? Como mesurar?
Nada sei!
Ah ... o tempo!
Somente sei: vivo-aos-trancos e barrancos! Mas sobrevivo!
Oportunismos, no tempo que me cabe: amo amar a vida e as pessoas, sejam elas quais forem, ao cruzarem meu caminho.
E isto é dígno, com certeza.
Tata Junq
Enviar um comentário