quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Poetando, com partilha da música: Hand in Hand ( Dire Straits) ... AQUOSA






AQUOSA

Serei:
fonte
segura,
pra saciar
sua
sede.

Serei:
águas
turbulentas,
rompantes,
pra
defender
suas
dores,
sua
vida.

Serei:
poço,
na reserva,
pra aplacar,
suas dúvidas.

Serei:
água
serena,
no
curso,
em
amor...
infinito,
qual nascente,
não-perene.

Sou águas,
derramadas,
nas alegrias,
ou,
na dor.

Caibo
até,
num
jarro,
na tina,
no cantil,
na moringa,
na torneira ...
G
O
T
E
J
A
N
D
O
O
O
O
AMOR!
Tata Junq
Enviar um comentário