sábado, 4 de dezembro de 2010

MÚSICA & POESIA!




No espaço
cabe
o abraço.

No espaço
cabe
o flutuar.

No espaço,
cabe
o amar.

Ecoa!

Ecoa!

Ecoa!

Translúcidos,
seres,
espreitam
a
grandeza
do
Infinito.


E
nas
asas
sonoras
do
agora,


a alma
flue,
notória,

suave,
na
paz!

Ao
alcance,
de
meu
olhar!

Tata Junq
Enviar um comentário