segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Poetando , simplesmente. Não-capaz!


Abracei o homem.
Abracei o menino.
Abracei tua alma ...
Nem mesmo assim,
fui suficientemente,
capaz,
de
te
trazer
pra
mim.

Tata Junq
Enviar um comentário