terça-feira, 28 de setembro de 2010

Poetando às avessas! SABE NÃO?


Dorme em mim,
desejos.
Acorda em mim,
dúvidas.
E eu
tateio
a
sombra,
moldada,
no
jardim.
A rosa,
despetalou-se!
Encanto
ao
chão!
Por que
roubou
meu
coração?
Sabe não?
Sabe não?

Tata Junq

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Fotografando & Pensamentando : Palavras ao vento!













Sentindo o linguajar das aves ...tão lindas, bem cuidadas, mas presas!
E penso, repenso, repenso ...LIBERDADE!!!!!
Temos?
Somos frutos amadurecidos, numa sociedade ...e presos a tantas convenções, regras, de influências da mídia-televisisa, da moda,da política imposta ...
Liberdade!!!
Falei literalmente com as aves ...e elas respondiam sei lá o quê! Rsss ...mas atentas me escutavam...e respondiam com seu linguajar - gritado  ...e tornaram-se próximas ...tão próximas ...
Muita vez, o ser humano tão próximo, não nos escuta ...ignoram nossas opiniões, nossos pareceres,nossos corações ...porque eles também "falam" ...muita vez, desordenados, emotivos,pedintes, carentes ... à espera também de retornos, de palavras, de atos ...
Neste dia, as aves falavam ... e eu queria mesmo, que elas pudessem usar o linguajar humano ...saber se são felizes ali no espaço delas , se formam um casal feliz ...essas coisas de coração -tolo ...
Gostaria que houvesse troca de palavras e sentidos, das pessoas...e na liberdade de escolhas, as pessoas se aproximassem ... onde quer que estivessem ...mas formassem pares, grupos,buscando amor e harmonias ... uma vida melhorada ...
Deus, não pode ser tão difícil!!!
Não deveria ser tão difícil!!!
E as pessoas...perdem-se em palavras,tão facilmente ...e acabam que derrubadas, incoerentes, porque são desmistificadas por atos ... e perdem-se!
Liberdade!
Haja liberdades, responsáveis!
Que não firam a liberdade e direitos do próximo!
E hoje, fico mesmo com as "palavras" das araras!!!!
Sensibilizaram-me!
No entanto, meus ouvidos-d'alma,gostariam de palavras humanas, coerentes, sensíveis, amorosas, construtivas ...
Quem não as quer?
Mais que isto, creio que todos nós primamos por atitudes!
BOM DIA, VIDAAAAA!!!!
BOM DIA, AMIGOS(AS)!!!

Tata Junq

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Poetando , simplesmente. VEZES



VEZES

Sou flor que desabrocha,
suave
e que ao vento
balança.

No vai-vem-dócil, dança!

Rosa-menina,
da penca, orvalhada ...
Rosada!
Intocada
e
única.

Sou borboleta
que do casulo,
desaponta.
Rompo!
Abro asas!
Vôo!
Polinizo,
amor!

Sou vento,
forte!
Cortante!
Gritante!

Sou mar,
rompante!
Sou onda!
Bravia!

Sou rio,
no curso, suave,
caudaloso!

Sou tronco,
de raízes,
profundas,
abrindo galhos,
gigantes.

Sou brisa,
morna,
tocante!

Sou poço,
profundo,
guardado.

Sou fogo,
que queima,
sem causar dor.

Sou peixe,
solitário,
preso,
na rede-do-amor.

Porém ...

Sou espelho,
transparente,
sempre!

Sou
ser facetado,
a ser lapidado.

Sou,
eu,
Tata.

Aprendiz,
coerente ou incoerente.

Sou!

Existo!

Tata Junq

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Pensamentando com música: "QUERIA QUE VOCÊ ESTIVESSE AQUI"!!!



Wish You Were Here
Pink Floyd
Composição: David Gilmour / Roger Waters

So,
So you think you can tell
Heaven from Hell,
Blue skies from pain
Can you tell a green field
From a cold steel rail?
A smile from a veil?
Do you think you can tell?


Did they get you to trade
Your heroes for ghosts?
Hot ashes for trees?
Hot air for a cool breeze?
Cold comfort for change?
Did you exchange
A walk on part in the war
For a lead role in a cage?


How I wish, how I wish you were here
We're just two lost souls
Swimming in a fish bowl,
Year after year,
Running over the same old ground.
What have we found?
The same old fears
Wish you were here




Queria Que Você Estivesse Aqui
Então,
Então você acha que consegue distinguir
O paraíso do inferno
Céus azuis da dor
Você consegue distinguir um campo verde
de um frio trilho de aço?
Um sorriso de um véu?
Você acha que consegue distinguir?




Fizeram você trocar
Seus heróis por fantasmas?
Cinzas quentes por árvores?
Ar quente por uma brisa fria?
Conforto frio por mudança?
Você trocou
Um papel de coadjuvante na guerra
Por um papel principal numa cela?




Como eu queria, como eu queria que você estivesse aqui
Somos apenas duas almas perdidas
Nadando num aquário
Ano após ano
Correndo sobre este mesmo velho chão
O que encontramos?
Os mesmos velhos medos
Queria que você estivesse aqui

*****************************************

Velhos medos ...
Assombram-nos?
Como?
Por quê?
Trabalhando "sombras", para que não nos persigam...
E no trilho da vida, busca-se frente!
Sábia decisão!
Mas quão contente, seria ... que um "você" o acompanhasse, na certeza da partilha-maior : amor -dobrado!
Concorda comigo?
Ahhhhh ...como eu "queria que você estivesse aqui"...
E na canção-performática, que toca agora ... só me remeto a você!
Bom aconchego d'alma, à la Pink Floyd!
Rsssssssssssssss ... sorrisos!
Sequer uma lágrima!
Nem há motivos!
Concorda?
SONSRISOS!!!!!


Tata Junq



sábado, 11 de setembro de 2010

Pensamentando com música.// Sacada do Raul!!! ...e recado da Tata.

*


As Minas Do Rei Salomão
Raul Seixas
Composição: Raul Seixas e Paulo Coelho

Entre, vem correndo para mim
Meu princípio já chegou ao fim
E o que me resta agora
É o seu amor
Traga a sua bola de cristal
E aquele incenso do Nepal
Que você comprou num camelô...


E me empresta o seu colar
Que um dia eu fui buscar
Na tumba de um sábio Faraó...(2x)


Veja quanto livro na estante!
"Don Quixote"
"O Cavaleiro Andante"
Luta a vida inteira contra o rei
Joga as cartas
Lê a minha sorte!
Tanto faz a vida como a morte
O pior de tudo eu já passei...


Do passado me esqueci
No presente me perdi
Se chamarem
Diga que eu saí
Do passado eu me esqueci
No presente eu me perdi
Se chamaram!
Diga que eu saí...


Veja quanto livro na estante!
"Don Quixote"
"O Cavaleiro Andante"
Luta a vida inteira contra o rei
Joga as cartas
Lê a minha sorte!
Tanto faz a vida como a morte
O pior de tudo eu já passei...


Do passado eu me esqueci
No presente me perdi
Se chamarem
Diga que eu saí
Do passado me esqueci
No presente me perdi
Se chamarem!
Diga que eu saí...

************************
Quem não se perde no presente ...ou perdeu-se no passado?
Normal a oscilação do ser humano ...porque ele não é potencialmente um ser onipotente,acertador integral de seus atos, seus feitos.
Eu não quero ser um ícone! Quero ser e continuar, pensante e senhora de meus atos.
Nem tão pouco vivenciar inglórias passadas, individuais ou coletivas.
O presente, importa.
Achar, no presente, importa!
Explorar o presente , importa!
Viver o presente, importa!
Olhar ao lado, importa!
Perceber todos os vazios, importa!
Mas mais que isso, perceber o outro que caminha a seu lado, seja quem for, importa!
Ter olhar para o novo, importa!
Querer mudanças, importa!
Gerar e receber amor, importa!
Ser feliz, importa!
Ser aprendiz, dígno, importa!
Mas vou dizer palavras de Raul ..."No presente me perdi ...se chamarem, diga que eu saí."
Perdendo-me, saio de mim!
Buscando o num sei o quê ...e todas as paragens, servem.
"Se me chamarem,hoje, digam que eu saí!"

Tata Junq






quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Pensamentando com música : somente sentir ... cada som, cada palavra ...


Há Tempos
Legião Urbana
Composição: Dado Villa-Lobos/Renato Russo/Marcelo Bonfá

Parece cocaína
Mas é só tristeza
Talvez tua cidade
Muitos temores nascem
Do cansaço e da solidão
Descompasso, desperdício
Herdeiros são agora
Da virtude que perdemos...


Há tempos tive um sonho
Não me lembro, não me lembro...


Tua tristeza é tão exata
E hoje o dia é tão bonito
Já estamos acostumados
A não termos mais nem isso...


Os sonhos vêm e os sonhos vão
E o resto é imperfeito...


Dissestes que se tua voz
Tivesse força igual
À imensa dor que sentes
Teu grito acordaria
Não só a tua casa
Mas a vizinhança inteira...


E há tempos
Nem os santos têm ao certo
A medida da maldade
E há tempos são os jovens
Que adoecem
E há tempos
O encanto está ausente
E há ferrugem nos sorrisos
Só o acaso estende os braços
A quem procura
Abrigo e proteção...


Meu amor!
Disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza
Ter bondade é ter coragem (Ela disse)
Lá em casa tem um poço
Mas a água é muito limpa...







" MEU AMOR, DISCIPLINA É LIBERDADE!
COMPAIXÃO É FORTALEZA!
TER BONDADE É TER CORAGEM!
LÁ EM CASA TEM UM POÇO .... MAS A ÁGUA É  MUITO LIMPA ..."
( Dígno, isso!)
       
        Tata Junq

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Poetando às avessas! Amo-te!

Caminho no céu!
Vôo no chão!
Estremeço,
aconteço!

Afã de delírios,
navego
sem águas.
Nado
nas
sombras.
Aconteço!

E
nos
sonhos-delirantes,
reconheço-
-te.

É um
em mim,
tu!

Somos,
nós,
no encanto,
entoado
no
agora.

Reconhecidos,
patenteados,
na canção,
que
toca,
soturnamente.
(enquanto
te velo,
distante.)

E ...
Somos!

Amamo-nos!
Amamo-nos ...
no meu:
amo-te!

Tata Junq

domingo, 5 de setembro de 2010

Pensamentando com música: O VENTO!



O Vento
Los Hermanos
Composição: Rodrigo Amarante


Posso ouvir o vento passar,
assistir à onda bater,
mas o estrago que faz
a vida é curta pra ver...
Eu pensei..
Que quando eu morrer
vou acordar para o tempo
e para o tempo parar:
Um século, um mês,
três vidas e mais
um passo pra trás?
Por que será?
... Vou pensar.


- Como pode alguém sonhar
o que é impossível saber?
- Não te dizer o que eu penso
já é pensar em dizer
e isso, eu vi,
o vento leva!
- Não sei mais
sinto que é como sonhar
que o esforço pra lembrar
é a vontade de esquecer...
E isso por que?
Diz mais!
Uh... Se a gente já não sabe mais
rir um do outro meu bem então
o que resta é chorar e talvez,
se tem que durar,
vem renascido o amor
bento de lágrimas.
Um século, três,
se as vidas atrás
são parte de nós.
E como será?
O vento vai dizer
lento o que virá,
e se chover demais,
a gente vai saber,
claro de um trovão,
se alguém depois
sorrir em paz.
Só de encontrar... Ah!!!

Pergunto-me o porquê de minha identificação com os ventos ... amo sentí-los, no corpo, na alma.
Amo ventos uivantes!
Agora, 04:32 hs ... o tempo mudou e venta bastante ...e escuto os sons dos "bailarinos", pedras que se tocam e sonorizam ... musicalizando a manhã que se inicia ...e também amo pedras.
Nesta madrugada,sinto a força da Natureza.
Sinto o vento adentrar em meu quarto,envolvendo-me.E cresço, e fico forte.
E parece proposital ...se anunciador de chuvas, não sei. Mas sei que chove em mim o desejo de pacificação, posterior à varredura que ele exerce.
E amanheço!
Não anoiteci!
E escuto um sabiá ...num canto mágico, que brinda-nos, todas as manhãs.Ele não se acua ... deve estar bem seguro, na árvore Primavera, já carregada de flores.
E há encanto em tudo: no vento, no pássaro,na árvore,nas flores vermelhas em pencas,no amanhecer, na vida.
Venta em mim, descortinando meu coração, todo em pedaços, proporcionais, doando amor a toda e qualquer criatura.
A alma é leve e espalha-se!
Voa em buscas, energizando seres que conheço, estende-se aos que não conheço ainda.
Da certeza, somente: sou amor!

Tata Junq









sábado, 4 de setembro de 2010

Pensamentando: DESEJOS DE ...



Desejos :

Boas tardes!
Bons dias!
Boas noites!
Bons ventos-falantes!
De beijos seus!
De carícias suas!
De abraços apertados!
De lençóis desarrumados!
De acordar a seu lado!
De tomar suco de pitanga!
De sonhos -sonhados-vividos!
E poder ter o poder:
de estar ao seu lado!
Êta querer-danado!

Tata Junq

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

MOMENTOS REFLEXIVOS & PENSAMENTAR / Na aba de meu chapéu ...





Na aba de meu chapéu cabem sonhos.E eu o atiro aos ventos!
Quem já sonhou acordado? Diga-me agora, na coragem e certeza.
Quem alçou vôos, como meu chapéu?
É sonhador crente, ou incrédulo?
Sonho sem certezas ... mas sonho!
Ahhhh ...vou sonhar, com chuvas de sonhos!!!!
Chove em mim esperanças, ainda.
Chova em mim, delícias de serenidade!
Chova em mim, confiabilidades!
Chova em mim, amor de verdade!
Chova em mim,regado sempre, o amor-de-bondade!
Chova em mim, bênçãos Divinas, na minha reconstrução!
Chova de mim, para mim: respeito, determinação, coragem e amor próprio!
Em tempo!


Tata Junq