sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Poetando: MORCEGO-AUDAZ!



Morcego-audaz,
invado-te!
Vampirizo!
Sugo,
consumo!
Abasteço-me!
Garanto
a
vida,
antes
que
amanheça...
e  eu
novamente,
docemente,
anoiteça!


Tata Junq

Enviar um comentário