domingo, 29 de agosto de 2010

MOMENTOS REFLEXIVOS & PENSAMENTAR


Passa o domingo, e naturalmente já rompe a segunda -feira ... são exatamente 13 minutos do dia 30 de agosto de 2010.
Aniversário de Eduardo! Nome forte e cheio de determinismo. E assim é Edu. E está na Argentina.Bons ventos levem a ele , meu amor! Eu o segurei na pia batismal! É meu sangue!
Deus o ampare, e ilumine seus passos!
 A vida corre ... eu o vejo: bebê, garotinho, adolescente, rapaz, homem!E seguro de si ... bom isso!
E paro pra pensar sobre nossos destinos ou caminhos a percorrer ... desconheço o futuro, mas não o imediato. O imediato , diz-me das responsabilidades para comigo.
Amanhece!
Mais um dia acontece!
E penso muito!
Deveria pensar pouco? E atrevidamente peitar o novo dia? Peitar meu "eu", tão cansado?
Será mesmo que estou cansada?
Fisicamente, sim. E a mente reluta em manter-se firme e ordenada.
E a razão sobrepõe-se aos rumos do coraçao ... vezes tão tolo , infantil ou adolescente.
E ele vai ter de crescer! Ara se vai! Vai, na marra!
Hoje penso em mudanças ...
E vou buscá-las, uma a uma ... na raça! Como sempre fiz!
Palavras perdem sentido, quando proferidas a esmo!
E meus ouvidos encantaram-se demais da conta ...para garantias do coração-sobrevivente.
Quantas tolices!
Quem não as cometeu?
Quem se encantou um dia, sabe.
Quem se desiludiu um dia, sabe.
Palavras não são atos!
Atos preenchem!
Palavras, iludem!
E eu caminho, senhora -das -palavras. Parece ser incoerente tudo isso.
Mas há garantias de minha parte. Não lido com inverdades!!!!!
Priorizo verdades!
E a verdade absoluta agora, é que busco verdades!!!
E vou descobrí-las, mesmo que sejam ,inverdades.
Ahhhhh ...vou!
Se vou!
Como diz o ditado, " não há mentiras pra sempre ...a verdade um dia transparece e mentiras têm pernas curtas!!!"


Tata Junq

Poetando simplesmente! AMOR


Amor,
fonte de energias,
ar que se respira,
fogo que consome,
água que sacia.
Fome de desejos!
Canto de saudades!
Doçura, que agora
me
invade.

Tata Junq

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Poetando: MORCEGO-AUDAZ!



Morcego-audaz,
invado-te!
Vampirizo!
Sugo,
consumo!
Abasteço-me!
Garanto
a
vida,
antes
que
amanheça...
e  eu
novamente,
docemente,
anoiteça!


Tata Junq

Poetando! DUETO: PAULO SILVOSKI &TATA JUNQ / POEMA ÀS AVESSAS

Poetando !DUETO: PAULO SILVOSKI & TATA JUNQ / SEDAS

MOMENTOS REFLEXIVOS & PENSAMENTAR / CREDO EM CRUZ , AVE MARIA!!!!















Vamos exorcizar!
Vamos a benzimentos!
Vamos a chocalhos, pinduricalhos, alhos,guiné,arruda..salamalekessss!!!
Oxiiii ... rsss ...
Quero a certeza de um bem-estar!
E digo:xôoooo ...( às idéias que possam arrastar-me às tristezas.)
Ontem, ao visitar uma idosa doente, passei à contemplação de fatos da vida ... mesmo sendo tão comuns à nossa sociedade.
Ela debilitada ...dependente.
E questiono quantas dependências há ... os idosos serão respeitados?
Não há uma política-educadora neste país, ainda.E nem atitudes de base, com eficiência. Muito falta!
Deveria haver divulgações, sobre a nossa velhice. O país já é considerado, estatisticamente, idoso.Realidade! Mesmo assim, a questão da vida, acompanhamentos, direitos, deveres para com os idosos ... ainda são vistos grosseiramente ... insisto, não são suficientes.
Ano de politicagem!
Estive num baile, que envolvia Grupos de idosos e suas lideranças ...e patrocinado foi, por políticos.
Dizem que priorizarão os direitos dos idosos ...Ahhhhh ...bom seria se verdade fosse!!!!
Naquele local, havia ainda idosos que tem poder de voto, ou vinculados à família, que retornam votos ...
E sabem, estou cansada de muitas conversas repetitivas.
Sou, pela lei, uma idosa.
Mas circulo no meio de umas 40 e pouco, duas vezes por semana.E no nosso espaço,doamo-nos.Porque não falo agora de lideranças no grupo, falo de amor partilhado.Em meio às atividades, rola a amizade solidária.
E aí penso na solidão de muitos idosos, nas mazelas físicas que desenvolvem a cada ano, tornando tantos, incapazes(nem sequer  ir a um banheiro sozinho,sem poder dar conta de sua alimentação ...) E penso nos que foram deixados nos asilos,nos maltratados, nos mal amados ... e dá uma tristeza enorme.
Mas quero ainda poder fazer,no mínimo por todos, alguma coisa, sempre.Sei que hoje estou junto a poucos,comparados à somatória dos espalhados no nosso Brasil.
Mas se cada um fizer um "tantin",somaremos,prestativos.
Comecemos por nossos lares, comunidades de bairros,nossa cidade, nosso Estado ...e vamos viabilizando possibilidades ...

RESPEITO, AMOR, ATITUDES, SEMPRE!!!
RECADO: aos cidadãos e ao Governo.

Tata Junq

***algumas fotos do Grupo Melhor Idade do Jardim Popular, de que faço parte.
E olhem. não estamos apadrinhados por nenhuma Ong...caminhamos com as próprias pernas ...temos vínculo apenas com a Cultura ...que nos viabiliza os professores: de Dança e Artesanato. E temos um professor voluntário, que nos dá Tai Chi.Passeamos, passamos tardes juntos, lanchamos ...e vivemos alegrias, e promovemos o amor solidário.E na certeza do respeito e preocupação com o bem estar de todos ...VIVEMOS cada oportunidade.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

ARTE DE VIVER: cada dia ...Poetando às avessas!


AGORA,
MARCA
DO
TEMPO,
FICA
NO
REGISTRO:
ÁGUAS DE RIOS,
ÁGUAS DE MARES,
ÁGUAS BENTAS,
ÁGUAS DE POÇO,
ÁGUAS DOS OLHOS,
SOMADAS.
CHORO!

Tata Junq

Poetando, simplesmente. ALTARES.


Rostos.
Rostos,
rotos,
gastos
no
tempo.
Nem saudade
recupera.
Surgem
pálidos,
disformes,
um
a
um
nas asas
do
pensamento.
Lamento!
Tento!
Perderam-se,
decomporam-se.
Perfilados,
retornam
aos
seus
lugares.
Em
seus
altares!

Tata Junq

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Pensamentando com música : somente sentir ... cada som, cada palavra ...At the end ...



The End

At the end of a rainbow
You'll find a pot of gold
At the end of a story
You'll find it's all been told
But our love has a treasure
Our hearts can always spend
And it has a story
Without any end




At the end of a river
The water stops its flow
At the end of a highway
There's no place you can go




But just tell me you love me
And you are only mine
And our love will go on
Till the end of time




At the end of a river
The water stops its flow
At the end of a highway
There's no place you can go




But just tell me you love me
And you are only mine
And our love will go on
Till the end of time
Till the end of time




O fim

No final de um arco-íris
Você achará um pote de ouro
No final de uma história
você entenderá tudo que foi contado
Mas nosso amor tem um tesouro
Que nossos corações sempre poderão dispor
E tem uma história
Sem qualquer fim
No final de um rio
A água pára seu fluxo
No final de uma estrada
Não há lugar algum que você possa ir




Mas diga apenas que me ama
E que você é só minha
E nosso amor irá durar
Até o fim dos tempos




No final de um rio
A água pára seu fluxo
No final de uma estrada
Não há lugar algum que você possa ir




Mas diga apenas que me ama
E que você é só minha
E nosso amor irá durar
Até o fim dos tempos
Até o fim dos tempos

*** LINDAAAAA CANÇÃO!!!!!!
TOCANTE!TOANTEMENTE SENSÍVEL E DOCE!

Tata Junq





segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Poetando & Desestruturando: ANTEVEJO.



Antevejo

Pincelo o chão,
suados passos,
cansados passos,
desnorteados passos,
condensando
 a
 vida ,
 num
 compasso-incógnito!
Curvas,
linhas paralelas,
bifurcações,
algumas tangências ...
E sombra,
sigo-me,
cambaleante,
e o ponto,
final,
espreita-me.
Sem reticências,
coloro,
a
estrada,
de
nuances pálidas.
Morrendo,
morrendo ...
a
dor ...
Acabou!
Despojos
em
cinzas,
sou!

Tata Junq

Pensamentando com música:BALADA DO AMOR INABALÁVEL! (ESTA É PRA VC!,TERÁ DE SER "Eterna Love Song de nós dois"...)


Balada Do Amor Inabalável
Skank
Composição: Samuel Rosa / Fausto Fawcett

Eu levo essa canção
De amor dançante
Prá você lembrar de mim
Seu coração lembrar de mim...


Na confusão do dia-a-dia
No sufoco de uma dúvida
Na dor de qualquer coisa...


É só tocar essa balada
De swing inabalável
Que é o oásis pr'o amor
Eu vou dizendo
Na seqüência bem clichê
Eu preciso de você...


Darará! Dararumdá Darará!
Dararumdá! Darumdá!
Darumdá! Darumdá!...


É força antiga do espírito
Virando convivência
De amizade apaixonada
Sonho, sexo, paixão
Vontade gêmea de ficar
E não pensar em nada...


Planejando
Prá fazer acontecer
Ou simplesmente
Refinando essa amizade
Eu vou dizendo
Na sequência bem clichê
Eu preciso de você...


Darará! Dararumdá Darará!
Dararumdá! Darumdá!
Darumdá! Darumdá!...


Mesmo que a gente se separe
Por uns tempos ou quando
Você quiser lembrar de mim
Toque a balada
Do Amor Inabalável
Swing de amor nesse planeta...


Mesmo que a gente se separe
Por uns tempos ou quando
Você quiser lembrar de mim
Toque a balada
Seja antes ou depois
Eterna Love Song de nós dois...


Eu levo essa canção
De amor dançante
Prá você lembrar de mim
Seu coração lembrar de mim
Na confusão do dia-a-dia
No sufoco de uma dúvida
Na dor de qualquer coisa...


Darará! Dararumdá Darará!
Dararumdá! Darumdá!
Darumdá! Darará!
Darará! Dararumdá Darará!
Dararumdá! Darumdá!
Darumdá! Darará!
Dararumdá! Darumdá!
Darumdá! Darará!...

*** AMO INCÓGNITAS!
     DIZEM QUE TENHO TIRADAS SUTIS E INTELIGENTES ...RSSSSSSS ...(olhares e deduções de amigos-benevolentes ...rssss ...)
      NA VERDADE, SOU APENAS FILTRADORA DE SONS E PALAVRAS-ÍCONES DE INSTANTES, E AS "REMETO AO ESPAÇO" ...QUEM AS VÊ, QUEM AS SENTE?
VERDADES?
SÓ SEI QUE HOJE, CABEM NA MEDIDA CERTA ... LUVAS CABÍVEIS EM MINHAS MÃOS ... SÓ NÃO SABERIA DIZER, SE ADEQUAM-SE ÀS SUAS!

Tata Junq




sábado, 21 de agosto de 2010

Pensamentando / Reinventando, nada! Política no Brasil, é CÂNCER, sem cura?



Estou na revotaaaaa!!!!
ELEIÇÕES!!!!
Se eu tivesse uma peneira, pra passar candidatos,acho que dois passam ...e olhe lá!
O PROGRAMA ELEITORAL VIROU PICADEIRO!!!!
E OS PALHAÇOS SÃO SEM GRAÇA ALGUMA!
O BRASIL merece respeito! O POVO merece respeito!
E infelizmente, esse país possui "POLÍTICOS-CONCHAVEIROS" ... e muitos safados,folgados, sem moral alguma.
E o brasileiro continua DORMINDO!ANESTESIADO!
ELEIÇÃO É COISA SÉRIA!!!!!!!
O POVO NÃO VIVE DE PROMESSAS!
CADÊ MELHORIAS NA ÁREA DA SAÚDE???NA EDUCAÇÃO?E ...TODO o RESTANTE ...que não caberia aqui ...????
NINGUÉM VIVE DE MIGALHAS!!!!!
Ou melhor, vive, né?
Tá todo mundo na acomodação!!!!
GRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR
GRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR
GRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR ...
Amanheço na "revolta-braba"!!!!!
Hoje, sem poesia!
Hoje, nem poesia ufânica!
SÓ VÔMITOS, REVOLTOSOS! SÓ NOJOS! SÓ LAMENTOS!
QUE PENA!!!!

Tata Junq

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Pensamentando & Fotografando


O simples está na complexidade do olhar...bastando-se a si mesmo, numa linguagem ideal.
Assim  se basta uma flor!
Assim se basta o nascer de um dia...o cair da tarde, o anoitecer.
Assim me basta o olhar atento que lancei às florezinhas , meio ao mato,pequenas e tão encantadoramente belas. Parecendo do nada brotarem, surgiam dando mostras da força da Natureza.
Minha natureza é sobrevivente também. Se bela, ideal, não sei.
Sei que rompo, como semente, a germinar ainda.
Sou pequena,aprendiz de mim mesma.
Ainda não sou fruto.

Tata Junq

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Pensamentando com música:escutar, curtir e viajarrrr!!! rssss



Something
Shirley Bassey


Something in the way he moves
Attracts me like no other lover
Something in the way he woofs me
I don't want to leave him now
You know I believe and how


Somewhere in his smile he knows
That I don't need no other lover
Something in his style that shows me
I don't want to leave him now
You know I believe and how


You're asking me; “Will my love grow”
I don't know, I don't know
You stick around and it may show
I don't know, I don't know


Something in the way he knows
And all I have to do is think of him
Something in the things he shows me
I don't want to leave him now
You know I believe and how


You're asking me will my love grow
I don't know, I don't know
You stick around and it may show
I don't know, I don't know


Something in the way he moves
Something in the way he knows
Something in the way he smiles
Something in the way he moves
Something in the way he smiles
Something





Algo

Ooooohhhhhh, uhhhhhh, Ohhhhhhhh.


Algo na maneira como ele se move
me atrai como nenhum outro amante
algo na maneira como ele me corteja.


Eu não quero deixá-lo agora
você sabe que eu acredito nele como.


Em algum lugar em seu sorriso, ele sabe
que eu não preciso de outro amante
algo em seu estilo que me mostra.


Eu não quero deixá-lo agora
você sabe que eu acredito nele como.


Você está me perguntando se meu amor vai crescer.
Eu não sei, eu não sei.
Você fica por perto agora, pode mostrar.
Eu não sei, eu não sei.


Algo na maneira que ele sabe
e tudo o que tenho a fazer é pensar nele
algo nas coisas que ele me mostra.


Não quero deixá-lo agora
você sabe que eu acredito nele como.


Você está me perguntando se meu amor vai crescer.
Eu não sei, eu não sei.
Você fica por perto agora, pode mostrar.
Eu não sei, eu não sei.


Algo na maneira como ele se move.
Algo na maneira que ele conhece.
Algo na maneira como ele sorri.
Algo





Poetando, simplesmente. Quero, em tempo!


Quero


Abrigo nos
ventos!
Pra perder-me.


Na distância,
encontrar-me.


Quero,
buscar
no
f
u
n
d
o
oooooooo...
da
alma,
essa
insistência,
que
me leva
a
você.


Tata Junq

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Pensamentando com música : somente sentir ... cada som, cada palavra ...(AMANHECE)



Raízes
Renato Teixeira & PenaBranca e Xavantinho
Composição: Renato Teixeira

Galo cantou
Madrugada na Campina
Manhã menina
Tá na flor do meu jardim
Hoje é domingo
Me desculpe eu tô sem pressa
Nem preciso de conversa
Não há nada prá cumprir
Passar o dia
Ouvindo o som de uma viola
Eu quero que o mundo agora
Se mostre pros bem-te-vi
Mando daqui das bandas do rural lembranças
Vibrações da nova hora
Prá você que não tá aqui
Amanhecer
é uma lição do universo
Que nos ensina
Que é preciso renascer
O novo amanhece
O novo amanhece
Já tem rolinha
Lá no terreiro varrido
E o orvalho brilha
Como pétalas ao sol
Tem uma sombra
Que caminha pras montanhas
Se espalhando feito alma
Por dentro do matagal
E quanto mais
A luz vai invadindo a terra
O que a noite não revela
O dia mostra prá mim
A rádio agora
Tá tocando Rancho Fundo
Somos só eu e o mundo
E tudo começa aqui
Amanhecer...

****************   ***********************


Parece que o Sol acontece lá fora.Em meio a tanto frio, aqui em Sampa, escondi-me na cama quentinha.
Saúde está merecendo respeitos ...
Tocou uma canção em meu M Player ... e já chorei de saudades ... Mãe, é berço que queremos sempre. É colo, é abrigo, é amor pleno, sem reservas ...
Procurei uma canção ...entre tantas,de raízes,que ela tanto  gostava ... no entanto, nestas buscas, deparei-me com esta que aqui registrei.
E, ouvindo-a ...sacudi-me na docilidade e profundeza dos dizeres ...
Abri a janela! Escuto piar de pássaros ...inclusive a "conversinha" de meu calopsita, "Miguxu" ...
E digo a mim mesma: reage, Tata! É bem isso que ela espera de você!
Tudo começa outra vez ... a cada amanhecer...
E eu vivo!

Tata Junq

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Poetando & Desestruturando: Febre.




Como,
olhos de serpente,
magnetizam-me.
E,
boca de piranha,
consome-me,
o
AMAR.
Devorante!
Eletrizante!
Mordaz!
Sem comando,
perdi
a
paz!
E,
masoquistamente,
satisfaz!
Febre
de
amar ...

Tata Junq

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Conjecturas da madrugada ... Bem ou mal...irremediável está!



Bem ou mal?
Analisa!
Quando o amor se instala, inquietudes valem?
Medo do novo? Recalques do velho, antigos?
Dúvidas do sofrer? Por um acabar que nem começo tem...por assim dizer?
Doer da falta de qualquer momento possível a dividir?
Ansiedades para o dividir? Pressa do estar junto?
Sonhar doces palavras ...
Almejar o beijo, sentí-lo ...sem antes tocar os lábios e ou a língua doce ou afoita?
Sentir o abraço, e não querer desenrolar-se dele?
Olhar nos olhos com doçura?Cerrá-los  e navegar no momento doce ... e, não querer fim?
Paixão e amor. 
Paixão envelhece.
E amor?
Amor acarreta dor.Amor traz sorrisos e alegrias.Num dual irremediavelmente, intransferível.
Amor não envelhece, simplesmente acontece.
Meu amor sonha atitudes breves ... mas não quer brevidade ... quer eternidade.
Quer hoje o pra sempre.
E terá de ser de verdade!

Tata Junq