quarta-feira, 30 de junho de 2010

Pensamentando. Pensamentos voam em flor, com amor!



Escancara o dia!
Escancaro a boca!
Escancaro a alma!
Olho pela janela ainda fechada ...venta lá fora. O Sol timidamente aparece.
E eu ...depois de muito me exorcizar, recolho cacos!
A vida ainda me dá oportunidades ... e eu não quero desperdiçá-las.
Carrego responsabilidades!
Respiro fundo, buscando coragens!!!
Já chorei, já orei, já cantei, já pus os pés no chão e armaduras no coração!
Indiferença, humana, dói!
Mas como diz a canção, "Deus me quer sorrindo" ... não há falta de respaldos, divinos!
E eu continuo firme na minha tarefa do amar, toda e qualquer criatura.
Deus por todos nós!
NAMASTÊ!
Que meus pensamentos de amor,em flor, toquem todos os que conheço, os que desconheço, e os que conhecerei!
Bom dia, VIDA!

Tata Junq

terça-feira, 29 de junho de 2010

Pensamentando, tão somente. Constatação!


Danço na relva, buscando pacificação... meus pés pisam o frio, o solo da vida.
Danço, danço, danço, como bailarina-leve ... e transcendo.
Sou livre!
Estou orbitando no Espaço!
Desfruto da Luz dos Anjos!
Recebo, concebo-me, redescubro-me ...faço parte do TODO!
Sou essência!
SOU AMOR!
Com toda ênfase e verdade!
Sou!
Serei!
Fui!
SOMENTE AMOR!!!!
E incorpórea ... viajo na busca da Paz!


Tata Junq 

Pensamentando com música.



Still Loving You
Time, it needs time
To win back your love again
I will be there, I will be there
Love, only love
Can bring back your love someday
I will be there, I will be there




I'll fight, babe, I'll fight
To win back your love again
I will be there, I will be there
Love, only love
Can break down the wall someday
I will be there, I will be there




If we'd go again
All the way from the start
I would try to change
The things that killed our love
Your pride has built a wall, so strong
That I can't get through
Is there really no chance
To start once again
I'm loving you




Try, baby try
To trust in my love again
I will be there, I will be there
Love, our love
Just shouldn't be thrown away
I will be there, I will be there




If we'd go again
All the way from the start
I would try to change
The things that killed our love
Your pride has built a wall, so strong
That I can't get through
Is there really no chance
To start once again




If we'd go again
All the way from the start
I would try to change
The things that killed our love
Yes, I've hurt your pride, and I know
What you've been through
You should give me a chance
This can't be the end
I'm still loving you,
I'm still loving you,
I'm still loving you, I need your love
I'm still loving you, (I'm still loving you baby)




I'm Still Loving you, I need your love
I'm still Loving you, I need your love
I'm still loving you, I need your love




I need your love .


Ainda Te Amando
Tempo, é preciso de tempo
Para reconquistar seu amor
Eu estarei lá, Eu estarei lá
O amor, apenas o amor
Pode algum dia trazer de volta seu amor
Eu estarei lá, Eu estarei lá




Lutar, querida, eu lutarei
Para reconquistar seu amor
Eu estarei lá, Eu estarei lá
O amor, apenas o amor
Pode algum dia quebrar a parede
Eu estarei lá, Eu estarei lá




Se nós percorremos novamente
Todo o caminho, desde o início
Eu poderia tentar mudar
As coisas que mataram o nosso amor
Seu orgulho construiu uma barreira, tão forte,
Que não consigo atravessar
Não existe realmente nenhuma chance
Para recomeçarmos novamente?
Eu continuo te amando




Tente, querida, tente
Acreditar no meu amor novamente
Eu estarei lá, Eu estarei lá
O amor, nosso amor.
Não deveria ser simplesmente jogado fora.
Eu estarei lá, Eu estarei lá




Se nós percorremos novamente
Todo o caminho, desde o início
Eu poderia tentar mudar
As coisas que mataram o nosso amor
Seu orgulho construiu uma barreira, tão forte,
Que não consigo atravessar
Não existe realmente nenhuma chance
Para recomeçarmos novamente?




Se nós percorremos novamente
Todo o caminho, desde o início
Eu poderia tentar mudar
As coisas que mataram o nosso amor
É, eu prejudiquei o seu orgulho, e eu sei
Pelo que você foi
Você tem que me dar uma chance
Isto não pode ser o fim
Eu ainda te amo (3x)
eu preciso do seu amor
eu ainda te amo, eu preciso de seu amor
eu ainda te amo (eu ainda te amo baby)




Eu ainda te amo, eu preciso do seu amor
Eu ainda te amo, eu preciso do seu amor
Eu ainda te amo, eu preciso do seu amor




Eu preciso do seu amor


*Contribuição de meu amigo Andrey.
   Música é tudo. A cada dia mais me convenço disso.
   É memória!

         Tata Junq

Pensamentando, tão somente! Lendo-me..



Bom seria se tivéssemos "traços" de amor a recordar, sem lágrimas!
Que o amor, fosse presente em atos, sem arrependimentos... não fosse de fato, ausente.
Palavras não são atos!
Perdem-se ao vento!
Mesmo assim fazem falta ...incoerentemente.
O peso se acentua, quando se é solitário entre gente.
Partilhas!
Quem as tem, é feliz.
Amor deveria coexistir sem dor!
Que bom seria sermos felizes eternamente...
Utopia?!
Hoje leio-me.
E redescubro, sonho.
Quimeras?
Pelo menos, um instantezinho ... sem dor, da falta de retorno de amor!


Tata Junq

segunda-feira, 28 de junho de 2010

TEMPO/ Canção triste ...porém, linda, significativa!



Tempo
Tempo, fluindo como um rio.
Tempo, acenando para mim.
Quem sabe quando nós nos encontraremos novamente?
Se algum dia... [nos encontraremos]
Mas o tempo
Continua fluindo como um rio,
Para o mar...




Adeus, meu amor,
Talvez para sempre.
Adeus, meu amor,
A maré me aguarda.
Quem sabe quando nós nos encontraremos novamente?
Se algum dia... [nos encontraremos]
Mas o tempo
Continua fluindo como um rio (continuamente)
Para o mar, para o mar...




Até que tenha ido para sempre,
Ido para sempre,
Ido para todo sempre...




Adeus, meus amigos,
Talvez para sempre.
Adeus, meus amigos,
As estrelas aguardam por mim.
Quem sabe onde nós nos encontraremos novamente?
Se algum dia... [nos encontraremos]
Mas o tempo
Continua fluindo como um rio (continuamente)
Para o mar, para o mar...




Até que tenha ido para sempre,
Ido para sempre,
Ido para todo sempre...

Pensamentando. Sou, serei.


                                     SOU, SEREI!


                                            Sou
                                            mortal,
                                            animal,
                                            vezes
                                            irracional.
                                            Mordo,
                                            cuspo,
                                            coiceio
                                               a
                                            DOR.


                                            No entanto,
                                            portanto,
                                            tão somente!


                                            Por quê?


                                            Sou,
                                            serei :
                                            expoente,
                                            semente,
                                                de
                                            AMOR!


                                            Somente!




                                             Tata Junq

Poetando às avessas: ROMPE NÃO ROMPE????


                             VIDA

                          Por um fio!
                          Por um fio!
                          Por um fio!
                          Rompe
                          ou
                          não rompe?
                          Na dúvida,
                          amor
                          sem
                          limites!

                                       Tata Junq

Pensamentando, tão somente. Constatação!

               As folhas
       despencam
       ao chão!
       Outono
       em
       meu
       coração!
       E caem
       e caem
       e
       c
       a
       e
       m ...
       Deslizam
       em
       suaves 
       brisas...

       Varreduras
       incertas.
       Abandonadas
       e secas,
       sem brilhos,
       nostálgicas,
       para
       na estação
       seguinte,
       renascerem,
       plurilíngues,
       pluralizantes ...
       Plúmulas!
       Germinarão,
       certas
       ou
       incertas.
       Mas
       seguirão
       o
       curso
       da
       Natureza.
       Seguirão.
       Na certeza,
       um
       dia,
       secarão
       sem
       brilho
       e
       definitivamente,
       vias
       de
       fato:
       morrerão!


      Tata Junq

MEU MELHOR SORRISO, PRA VC, MENINO-AZUL! (Conjecturas da madrugada)



Talvez num seja o melhor, pk tá amanhecido ...rssss ...mas tá valenduuuuuu!!!!








Muni-me de sonhos, acordada!
O tempo corre, fêz-se madrugada, amanhece ...são exatamente 05:37.
E eu escuto Legião Urbana ..."É preciso amar ..."(  CD: As Quatro Estações)E canto, canto, cantooooo...
Sonho, espero ...e como diz a "vovó", veja que me apoderei dela, um tantinho ...rssss ...a FÉ é fundamental!
Eu me revisto na fé!
E sorrio!
Bem acordada estou pra vida!
Canta comigo?

"Ainda que eu falasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria ...é só amor que conhece o que é verdade ...
é um estar-se preso por vontade ...
Estou acordado e todos dormem...todos dormem ..."
( rsssss ...)
e por aí vai!


Tata Junq

MOMENTOS REFLEXIVOS & PENSAMENTAR : Registros pra sempre! 26/06/2010




Luar, inteiro!
Noite fria...abrigando
corações aquecidos pela amizade de tantos anos

( VITOR EDUARDO E ADELMO)



AS meninas, sempreeee!!!!


DEISE, TATA E CLÁUDIA


Raissinha,encanto da vovó!

Caira Gabriela,meu xodóooo!!!!


Nilza,Tata,Adelmo - amigos para sempreeeee!!!!
Minhas queridas, desde petiticas!
Heheheheeeee!!!!!
EL PODEROSOOOOO, CANTA TOCHAAAAA!!!!!!
AMIGAS DESDE SEMPREEEEE!!!!!(DEKA, PAULINHA,SANDRA, CRISTIANE)


                              E o tempo passou, passou ... passará ... e momentos como esses, como outros partilhados, ficam no registro da memória.
                             
Quão importante é a amizade! Quanto amor partilhado!
                              
Tivemos baixas  ... mas a vida flue, numa sequência natural ...
                              
Os petiticos de hoje, serão a memória num amanhã ...
                               
Que eles possam sorrir como eu, entre lágrimas, saudades de um tempo bom!


      
E a vida pulsaaaaaaaaaa!!!!!!

Tata Junq

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Poetando: PENSAMENTOS!



                             Rosa no jardim,
                             que será dela?
                             Que será de mim?
                             Róseos pensamentos,
                             desprovidos
                             dos espinhos,
                             levados ao vento.
                             Pra chegarem
                             à sua janela,
                             sentarem,
                             sem  cerimônias,
                             despetalando-se.
                             E viram
                             trepadeiras
                             de
                             amor.
                             Vazam frestas,
                             viram
                             festa!
                             Sutis,
                             viajam
                             de volta.
                             Viram
                              horta,
                              pra
                              renascerem
                              outra vez!

                              Tata Junq

Deixo em tuas mãos, o meu destino, o meu coração! Cuida de mim!

Poetando às avessas! BAD! / EXPLOSIVE!

BAD! BAD! BAD!



Bad
If you twist and turn away
If you tear yourself in two again
If I could, yes I would
If I could, I would
Let it go
Surrender
Dislocate


If I could throw this
Lifeless lifeline to the wind
Leave this heart of clay
See you walk, walk away
Into the night
And through the rain
Into the half-light
And through the flame


If I could threw myself
Set your spirit free
I'd lead your heart away
See you break, break away
Into the light
And to the day


To let it go
And so to fade away
To let it go
And so fade away


I'm wide awake
I'm wide awake
Wide awake
I'm not sleeping
Oh, no, no, no


If you should ask then maybe they'd
Tell you what I would say
True colors fly in blue and black
Bruised silken sky and burning flag
Colours crash, collide in blood shot eyes


If I could, you know I would
If I could, I would
Let it go...


This desperation
Dislocation
Separation
Condemnation
Revelation
In temptation
Isolation
Desolation
Let it go


And so fade away
To let it go
And so fade away
To let it go
And so to fade away


I'm wide awake
I'm wide awake
Wide awake
I'm not sleeping
Oh, no, no, no



Mau
Se você se contorce e se vira
Se você se quebra em dois novamente
Se eu pudesse, sim eu o faria
Se eu pudesse, eu o faria
Deixaria isso passar
Rendido
Deslocado


Se eu pudesse jogar essa
Linha de vida sem vida ao vento
Deixar esse coração de barro
Ver você passar, ir embora
Na noite
E pela chuva
Na meia-luz
E pela chama


Se eu pudesse através de mim mesmo
Libertar seu espírito
Eu guiaria seu coração afora
Ver você quebrar, quebrar afora
Na luz
E para o dia


Deixar isso passar
E então desaparecer
Deixar isso passar
E então desaparecer


Estou bem acordado
Estou bem acordado
Bem acordado
Não estou dormindo
Oh, não, não, não


Se você perguntasse então talvez eles
Te dissessem o que eu diria
Cores verdadeiras voam no azul e preto
O céu de seda machucado e a bandeira queimando
Cores quebram, colidem em olhos vermelhos


Se eu pudesse, você sabe que eu o faria
Se eu pudesse, eu o faria
Deixaria isso passar


Esse desespero
Deslocamento
Separação
Condenação
Revelação
Na tentação
Isolamento
Desolação
Deixar isso passar


E então desaparecer
Deixar isso passar
E então desaparecer
Deixar isso passar
E então desaparecer


Estou bem acordado
Estou bem acordado
Bem acordado
Não estou dormindo
Oh, não, não não
Bad!
Bad!
Heart-Revolutionary!


Mau!
Mau!
Mau!
Coração-Revolucionário!
Explosivo!
Rompe!
Vaza!
Derrama: dor! 
Rebeldia
de
amor!


Tata Junq


*************** ***********************

Pensamentando, tão somente!



El Silencio de La Espera
Andrea Bocelli
No sé
Fue mentira o fue verdad
Un encuentro y un encanto,
Un te quiero pero no,
Una risa como un llanto
Y te di la vida mía.

Y sé
Que si el sol o si la luna
Nos pillara enamorados
Para bien o para mal
Como tontos de la mano,
Daría la vida mia.

Si fueras mágica,
Si fueses música,
Si el sol saliera por tu piel
Seriamos amantes
Si tu fueras mia
Podría soportar por fin
Este silencio
Entre las olas de la espera.

Y a si
Las imágenes de ti
Que conservo en mi mirada
Me revelan la verdad:
Nada soy y nada fui,
Fue nada la vida mia.

Si fueras mágica,
Si fueses música,
Si el sol saliera por tu piel
Seriamos amantes
Si tu fueras mia
Podría soportar por fin
Este silencio de la espera.
Este silencio entre las olas
De la espera.

Pensamentandoooooo ...



November Rain
When I look into your eyes
I can see a love restrained
But darling when I hold you
Don't you know I feel the same


'Cause nothing lasts forever
And we both know hearts can change
And it's hard to hold a candle
In the cold november rain


We've been through this such a long, long time
Just trying to kill the pain, oh yeah


But lovers always come
And lovers always go
An no one's really sure
Who's letting go today walking away


If I cold take the time
To lay it on the line
I could rest my head
Just knowing that you were mine, all mine


So if you want to love me
Then darling don't refrain
Or I'll just end up walking
In the cold november rain


Do you need some time... on your own
Do you need some time... all alone
Everybody needs sometime... on their own
Don't you know you need sometime... all alone

I know it's hard to keep an open heart
When even friends seem out to harm you
But if you could heal a broken heart
Wouldn't time be out to charm you


Sometimes I need some time... on my own
Sometimes I need some time... all alone
Everybody needs some time... on their own
Don't you know you need some time... all alone

And when your fears subside
And shadows still remain
I know that you can love me
When there's no one left to blame


So nevermind the darkness
We still can find a way
'Cause nothing lasts forever
Even cold november rain


Don't ya think that you need somebody
Don't ya think that you need someone
Everybody needs somebody
You're not the only one
You're not the only one


Chuva de Novembro
Quando olho nos seus olhos
Posso ver um amor reprimido
Mas querida, quando te abraço
Você não sabe que eu sinto o mesmo?


Porque nada dura para sempre,
E nós dois sabemos que os corações podem mudar
E é difícil segurar uma vela
Na chuva fria de novembro.


Nós estamos nessa a tanto, tanto tempo
Simplesmente tentando aplacar com a dor, oh yeah


Mas amores sempre vem
E amores sempre vão
E ninguém está realmente certo
De quem está deixando partir hoje... Indo embora


Se eu pudesse usar o tempo
Para falar francamente
Eu poderia descansar minha cabeça
Simplesmente sabendo que você é minha, toda minha


Então, se você quiser me amar
Então querida, não se contenha
Ou simplesmente terminarei andando
Na fria chuva de novembro


Você precisa de um tempo?... para você
Você precisa de um tempo?... totalmente sozinha
Todo mundo precisa de um tempo.. para si
Você não sabe que precisa de um tempo?... Totalmente sozinha?


Eu sei que é difícil manter um coração aberto
Quando mesmo os amigos parecem te machucar
Mas se você pudesse curar um coração partido
O tempo não pararía para te encantar?


As vezes eu preciso de um tempo... para mim
As vezes eu preciso de um tempo... totalmente sozinho
Todo mundo precisa de um tempo.. para si
Você não sabe que precisa de um tempo?... Totalmente sozinha?


E quando seus temores se acalmarem
E as sombras ainda permanecerem
Eu sei que você pode me amar
Quando não sobrar mais ninguém para culpar


Então não se preocupe com a escuridão
Nós ainda podemos encontrar um jeito
Porque nada dura para sempre
Nem mesmo a fria chuva de novembro


Você não acha que precisa de alguém?
Você não acha que precisa de alguém?
Todos precisam de alguém
Você não é a única
Você não é a única


**** SEM REFLEXÕES HJ!
SÓ QUERO ESCUTAR...ESCUTAR, ESCUTAR ...
SOMENTE MAR-DE-PENSAMENTOS CONTIDOS!

Tata Junq

Pensamentando: Na dor da saudade ...



 Viajo num tempo fantástico ...torço dores ...
 Mas continuo amando Queen!
 Não
 me canso.
 Não
 me canso.
 Nas lembranças, um sorriso!
 Tardes de Domingos!
 E um dia, meu portão ficou vazio de sua presença ...você não mais voltou.
 Queria ter poderes e lhe trazer de volta, pelo menos um tantinho ... e,perder-me nos seus braços em abraços ... e enrolar-me no seu amor.
  Mãeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!!!!
  Um minutinhoooo a mais pra mim!
  
Quero colooooooo!!!!!
 
  Tata Junq

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Poetando: Saudade.( ELO)





                                Saudade

                                Invade!
                                Invade!
                                Invade!
                                Como pode ser
                                ícone do vazio?
                                Da falta de?
                                Se chega mansa,
                                toma volume e
                                faz forma:
                                você!

                                Tata Junq