quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

REFLEXOS DA ALMA / Pensamentar.

                                 E naummmmmmmmm éeeeeeeeeeeeeee debocheeeeeeeeeeeeeee!!!!!


Engraçado ... melhor colocação merece registro, nada engraçado!
Não foi preciso muita reflexão ... tenho por crédito que os olhos são espelhos d'alma. Assim como alma se espelha e espalha sua real cara.
Alma tem cara? Rosto? Máscaras?
Ahhhh ... se máscaras tiver, um dia caem e desvendam cada etapa, que se aninha,e que talvez nem quisessem vir à tona.
Almas!
Será que há empasses? Que relutam?
Ou mascaram de fato?
São o que são e ponto?
Se mascaram-se ...algumas  não conseguem manter os ludribios por muito tempo ... e  ao se alterarem , por qualquer motivo: dores, mágoas, raivas, medos ...(tenho notado) impolutamente se esguiam, agigantam-se, e poderosamente, ferem. E, talvez o pior: transvestem outros seres de valores, que não são reais.
Macular imagens, deveria ser proibido! Mesmo que de forma velada!
Prejulgar, igualmente!
Será que precisam de penalizações legais, pra terem validade e peso, socialmente?
Estamos falando de almas ... rsss ... (que na verdade, libertam-se, ou, aprisionam -se por vontade própria ) ...
Não é interessante?Atente para : mas as almas têm corpos, bocas e se comunicam ...rssss ...
Somos "anjos e demônios"?Ou "anjos-demônios"? Ou o quê?
Que lástima, o lado negro da história!
Tenho  apreço pelo lado -anjo!Porque era  e  é pacificação e amor.
E, deveria  fazer parte de um processo normal ... Releva-se o fato, que mesmo apresentando falhas, somos humanos, tentando nos edificar e melhorar. Pelo menos, é o que tudo indica. 
Às vezes, precisa-se de tão pouco pra virada-negra.
Que pena!
Todos nós somos lado "negro" e "alvo". Depende de nossas escolhas.
Seguramente, minha escolha é orbitar em verdades, "claras", sem máculas ou raivas.
E assumo, sou ser normal e posso falhar, não tenho garantias na fabricação ... rsss ... não sou robotizada ... rssss ... e nem tenho selinho da ISO ... rssss
MASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS .....
Eu garganteio, sim! Sem arrogâncias, nenhuma, fique bem claro : por direitos que me cabem!
( Com todo meu direito e verdade, diga-se de passagem. Nem deveria reforçar ...)


*** Doa a quem doer, "vão ter de me engulir", (como disse Zagalo, numa tirada fantástica)!
Que ecoeeeeee .... sou e continuo sendo, AMOR!
No peito, AMOR, mesmo na dor-do-desamor!


Tata Junq
Enviar um comentário