quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

MOMENTOS REFLEXIVOS / PENSAMENTAR.

Meus devaneios, tolos!


O vento é suave e marcante ... balança a cortina, meus sonhos de menina, imatura e sonhadora ...
O vento torna-se mais forte agora, e acorda a mulher reinante, sonhadora ainda, mas madura o suficiente pra dizer ao coração, coisas da razão.
Pobre e tolo coração ... que se encantou e se encheu de esperanças ... um dia ... vários dias ... muitos dias ... e, amou, amou, amou ... e, sonhou, sonhou , sonhou ...
Não se vive de sonhos, quando não podem ser realidades ...
O sonho morreu, teve de morrer, mesmo tentando sobreviver.
E, quando teima em voltar e me afogar, eu luto.
Minha razão tornou-se o expoente, absoluto. 
Sem espaço neste coraçãozinho em luto!
Até quando?
Não sei.
Surpreenda-me, no entanto!
Amor real, não será  fruto de nuances de romance num Carnaval!
Araaaaaaaaaaaaaaaaaaa...!!!!
Será?????
KKKKKKKKKKKKKK ....
Ainda levo a vida com o sabor da alegria ,com bom humor, mantenho o sorriso, isto aprendi . Mesmo no sufoco, com corda ou mão apertando o pescoço!!!!
Heheheheeeee!!!!!
E, faço minha lição direitinhooooo!!!!




                                   Affffffffffffffffffffffffffffffffffffff .... hihihihiiiiiiiii!!!!!!!
Tata Junq
Enviar um comentário