sábado, 23 de janeiro de 2010

Poetando.




Quero quebrar regras!
Quer quebrar a cara!
Quero amornar a sede de amor!
Quero embelezar a mente!
Quero retalhar a colcha de retalhos!
Quero, que quero
querer!
Romper!
Abranger!
Quero enriquecer meus sonhos!
Quebro que quebro quebrando quebrantes: entoados cantos!
Agora!
Sou eu integrante,
integrada,
intrigante!
Há!


Tata Junq
Enviar um comentário