segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

MOMENTOS: Meu registro fotográfico & Pensamentar.



Eu sorri, ele sorriu ... e pedi licença para fotografá-lo ... e ele fez um leve sinal com a cabeça ...e não perdeu a concentração ... pelo contrário, aprumou-se ... e continuou tocando lindamente ...
E seus dedos mágicos, faziam-se canção.
Como os dedos mágicos de um mágico?
Como os dedos mágicos de um amante afoito ou doce?
Sei somente ...que seus dedos eram canção.
E era bom ouvir ...
E era bom de ver ...
E era um momento dele, o desconhecido, agora, conhecido.


Tata Junq
Enviar um comentário