sábado, 23 de janeiro de 2010

Liberdade/ Momentos.





Dou-te,
agora:
liberdade!
Tesouro-maior!
E
eu
permearei
a
minha.
Troca justa!
Simples,
racional,
lógica,
abafando
o
interno,
inquieto,
flagelado.
A dor
caminha
em
busca
do
F
I
M
!


(Para
que
eu renasça,
novamente!)


Tata Junq
Enviar um comentário