quarta-feira, 15 de julho de 2009

Momento:SOU!



Sem você,
sou deserto,
sedenta...
Sou pássaro,
sem ninho...
Sou mártir,
sem luta...
Sou fruto,
sem semente...
Sou
vazio,
vazio,
como sarcófago,
sem esfinge,
já desvendada:
nada!


Tata Junq
Enviar um comentário