quinta-feira, 28 de maio de 2009

Poetando.


Sonho
com o abraço,
do abraço,
morno,
quente,
ou,
criptando!
Agora!
Em tempo de espera ...
Acalenta-me, amor!

Tata junq
Enviar um comentário