sexta-feira, 29 de maio de 2009

Momentos



Ranços!
Ranços!
Ranços!
Avanços!
Avanços!
Avanços!
Irrelevantes,
focos
de
dor,
que acabo de
decompôr.
Avanço!
Avanço!
Avanço!
Sem medo!
Corajosamente,
sem abalos
de
amor.

Tata Junq
Enviar um comentário