quinta-feira, 28 de maio de 2009

Poetando.




Cantei,
amei em
cada nota
em fá,
em dó,
em sibemol!
Soaram suaves
acordes...
suaves,
suaves,
sussurraram leves,
quase imperceptíveis.
E você,
sequer ouviu,
minha revelação,
que em ré,
voltou à pauta.
E registrada
ficou
a canção do sempre,
pra sempre.
Cantei
e te amei
a cada nota.


Tata Junq
Enviar um comentário