sexta-feira, 31 de outubro de 2008

(Um querer ... ) Pensamentar & Fotografar



Gostaria de sair, andar numa praça verdejante, onde pudesse fazer bater meu coração junto às seivas latentes. Queria abraçar cada árvore, buscar energias necessárias. Pisar na grama umedecida pelo orvalho, descalça e sentir a vibração do solo-vivo , sentir-me viva, não um zumbi.
Queria acordar essa ânsia que ecoa em minh'alma arredia, sem medos.
Queria olhá-lo nos olhos e desabar em sorrisos e amor... tão somente encostar minha cabeça em seu peito, sentir suas mãos estreitando-me, num caloroso abraço, mais nada.

Tata Junq
Enviar um comentário