quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Poetando.


CRER


Creio na crença do querer.
Creio na força do poder.
Creio no perder e no ganhar.
Creio crer,
que certo estou em lhe querer.
Correto?
Creio, crente de afeto.


Tata Junq
Enviar um comentário