quinta-feira, 17 de abril de 2008

Um amor




Cá estou, novamente na torcida ... por uma partida bem sucedida. Na qualidade de mais um, desta Nação Alvinegra. Quero um herói, dois, três ... e sentir o gosto dos gooools!
Quero até utopicamente sentir o gosto da vitória, da virada, do ganhar. Mas hoje não há herói, nem rei, nem rainha ... só há garganta: "... sou, sou Gavião eu sou ... "vamu" Coringão!
E a garganta arranha e a boca cospe, somente, amor.
Amor, eterno _ Corinthians!!!
Enviar um comentário